Fonte
Coisa triste é ficar acompanhando o sofrimento de uma pessoa pela internet, né não? É sim.


Como vocês podem imaginar, vamo falar sobre essa coisa estranha que as pessoas de vez em quando têm de ficar stalkeando alguém que não tá bem/uma pessoa que tá sofrendo. Isso é muito triste.

Ah Carina mas tu nunca foi ver o perfil de uma pessoa logo depois que ficou sabendo que ela passou por algum momento difícil na vida?

Óbvio que sim, acho até que isso é bem normal. Dependendo tu te assusta com a notícia e aí vai correndo ver como é que a pessoa reagiu a isso na internet, ou se ela ficou mais afastada, não sei, isso aí ok, é tranquilo, é aceitável.

O problema tá quando acontece o seguinte (vamo imaginar aqui, tá?): tu tá mal por algum motivo, uma pessoa te fez mal, te disse alguma coisa, ou tu tá passando por algum problema específico e algumas pessoas sabem disso.  Mas aí, qq acontece? Essas pessoas:

a) Entram em contato contigo pra diminuir um pouco desse tormento na tua vida;
b) Falam com alguém que é próximo de ti pra ao menos saber como tu tá e se tu tá melhorando;
c) Acompanham as tuas redes sociais com frequência e ficam vendo o  teu sofrimento bem quietinhas, ali de canto… fazendo que não tão nem ali mais.

O que é que vocês acham que acontece geralmente? Na maioria das vezes, nenhuma dessas pessoas vai falar contigo, mesmo sabendo que tu tá passando por algum momento difícil e que elas poderiam amenizar essa tua dor de alguma forma.

Então assim gente, o ponto que eu queria chegar era isso: Se tu fez mal pra alguém e tu sabe que essa pessoa tá triste, mas por alguma razão tu não quer mais manter contato com este indivíduo tristonho e nem contribuir pra real melhora dessa pessoa que tá na merda, pelo menos tenha a decência de não ficar acompanhando o sofrimento da pessoa dia sim dia não na internet.

Inclusive, pare de acompanhar tudo da vida da pessoa. Cê já fez algo de ruim antes, vai querer o quê agora? Ficar acompanhando pra ver no qq resulta esse teu experimento de ter sido extremamente horrível com alguém num momento específico da vida?? Não. PA-RÔ. Eu hein...

Ah Carina, mas a pessoa não tinha nada que ficar derramando as lágrimas na internet também né? Olha só, cada um reage duma maneira, né meu querido? Tem quem se afaste da internet por completo pra sofrer quietinho até passar, e tem que encontre em rede social, e textão, blog, legenda de foto motivacional, vídeo de gatinho e gif de filhote a válvula de escape pra se sentir mais livre e mais leve. Olha eu fazendo post aqui pra falar disso, por exemplo.

Vamo se ajudar né. Não faça mais isso não, beleza?

Gradicida.

-

Para o caso de tu preferir ouvir o texto:

11 Comentários

  1. Pior que é né? As pessoas tem essa mania, olham o sofrimento alheio apenas pra ficar fazendo comentários internos, sem ajudar, sem dar um abraço, nem mandar uma figurinha pra alegrar o dia dela. Hoje é tudo assim né? lamentável, achei válida a sua reflexão, serve pra dar aquela puxadinha de orelha. >.o

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem isso, Lila, o pessoal só lembra de falar ou procurar sobre, mas nunca de ajudar de verdade.

      Obrigada! ^^

      Excluir
  2. Isso é bem verdade. As vezes voce so precisa de uma palavra de consolo mas ao inves disso as pessoas so tao la para curiar como esta a sua vida. Algumas ainda tem a capacidade de dizer que vc esta com frescura pois tem pfrescurem situacoes piores.tipo so vc sabe sua dor. E muito dificil mesmo

    ResponderExcluir
  3. Eu percebo um comportamento inusitado nas pessoas, não apenas observar a dor alheia, mas ficar feliz com a dor alheia, se sentir bem em ver o outro mal. As pessoas não se importam em caçoar, tirar sarro, fazer piadas ofensivas, e é realmente difícil entender essa questão. Acho que se as pessoas fossem mais empáticas, o mundo seria um lugar muito melhor de se viver.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. É bem complicado né? As pessoas estão mais preocupadas em saber da vida alheia, o que não, necessariamente, implica em fazer qualquer coisa a respeito. Mas tem um detalhe também que bugou a mente aqui: essa suposta pessoa interage com que está deprê? Porque, pelo texto, ela apenas lê e acompanha postagens e tudo o mais, o que significa que a pessoa que está pra baixo está preocupada em ver quem bisbilhota sue próprio perfil e constata que fulano ou beltrano está acessando. Ela também precisa parar de se torturar, se esse for o caso. E, se possível, se afastar de quem lhe fez mal, provavelmente quem a feriu não terá o bom senso de perceber e tentar remediar, muito menos de se afastar.
    Bem, já tô divagando aqui... rs
    xoxo

    ResponderExcluir
  5. Oi Carina, tudo bem? Hoje com as redes sociais é muito mais fácil nos sentirmos mais perto das pessoas, as vezes pensamos que somos íntimos de tanto que sabemos sobre a vida deles. Por outro lado, o que acontece também é que pouquíssimas vezes nos dispomos a ajudar. No meu caso por exemplo é por insegurança mesmo. Nunca sei como a pessoa irá reagir com a presença de alguém de fora, então prefiro apenas enviar bons sentimentos e que tudo se ajeite. Muito bom seu texto, parabéns. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  6. Tem uma frase que compartilham bastante por aí na internet e conheci porque várias pessoas do meu convívio e amigos do meu namorado compartilharam quando um amigo deles morreu baleado pela polícia. A dita frase é: "A maioria das pessoas está enfrentando batalhas que você não sabe nada a respeito, seja gentil sempre". Quando saiu a notícia da morte dele aqui na minha cidade várias pessoas começaram a xingar o guri que morreu em redes sociais, porque se levou um tiro da polícia, deveria ser marginal . Errado. Ele e alguns amigos estavam voltando de caxias do sul de noite, escutaram a sirene da polícia atrás deles, mas como estava longe, acharam que não fosse para eles, até porque não estavam fazendo nada errado. Quando pararam em uma sinaleira, a polícia chegou atirando sem mais nem menos e é óbvio que se assustaram e saíram correndo com medo. Qualquer um fugiria se um carro da polícia chegasse atirando quando tu tá parado em uma sinaleira. Quando os policiais viram que atingiram um dos guris, levaram todos eles para dar uma volta por uma hora, no lugar de levar direto para a delegacia e prestar socorros para a pessoa baleada. Nesse meio tempo os policiais implantaram armas no carro deles e só depois levaram para a delegacia. E no dia seguinte a notícia que saiu, em uma reportagem dada pelos policiais em questão era que os guris atiraram primeiro. E choveu de gente na internet xingando ele e os amigos, dizendo que tiveram o que mereceram ,que eram marginais. E tu pensa na família e nos amigos, tendo que ler todas as críticas, sabendo que todo mundo dentro daquele carro eram pessoas honestas, nunca pegaram uma arma na vida, que só podia ser mentira. Mais tarde no mesmo dia saiu a reportagem com a versão dos guris. Sim, os policiais receberam a devida punição por matar um inocente e forjar provas, mas pensa, uma pessoa poderia estar viva se eles tivessem prestado socorro na hora quando viram a merda que fizeram. E já não basta ter que passar tudo isso, os familiares ainda têm que ler críticas na internet, sem um mínimo de gentileza. Na hora de criticar, aparecem milhares na internet, mas na hora de oferecer um ombro amigo, ninguém se disponibiliza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vishh, vi agora que meu comentário ficou muito grande, desculpa!
      E esqueci de dizer que adorei seu texto <3

      Excluir
  7. Adorei a sua ideia de fazer um vídeo com o áudio do texto! Acho que ajuda muito em questão de acessibilidade, parabéns. Agora, quanto ao texto: a mais pura verdade e eu admito que já fiz isso algumas vezes - muito por não saber como me aproximar da pessoa e achar estranho pedir para que alguém desse o conforto que eu não consigo dar.
    Literalize-se

    ResponderExcluir
  8. Adorei a ideia do audio! Muito legal a maneira que tu abordou esse assunto... As pessoas as vezes estão mais preocupadas em stalkear os outros do que realmente ajudar, são apenas curiosos querendo saber da vida alheia, ou ainda pior, querendo saber o efeito que causou o mal que ela mesma fez... Enfim... Seu texto ficou ótimo! Bjus!

    ResponderExcluir
  9. Nunca li tanta verdade em um texto só. Infelizmente hoje em dia as pessoas veem alguém acidentado e faz o Que? Ao Invés de prestar socorro começam a filmar.
    Conheço algumas pessoas da "família" que fazem exatamente isso de apenas assistir ao sofrimento como se fosse uma novela mexicana. Mas Não enviam nenhum "precisa de ajuda?".
    Parabéns pela ótima reflexão.
    Beijinhos e sucesso.

    www.segredosdajuhcosta.com

    ResponderExcluir

Que tal deixar um comentário bem maneiro aí?